Category Archives: Sem categoria

Sistema de segurança – Qual o melhor sistema de segurança? sistema de segurança

Os sistemas de segurança são medidas que podemos tomar em edifícios para potencializar toda a segurança de modo geral do ambiente, como por exemplo a automação de todo o edifício, onde tudo pode ser controlado por você mesmo à distância. Para edifícios de médio a grande porte, os sistemas de segurança se tornam ainda mais essenciais para garantir que todos os equipamentos e pessoas possam estar completamente seguros.

Os sistemas são compostos por uma série de soluções para potencializar a proteção do seu edifício sempre com foco na segurança total. São sistemas de câmeras, alarmes, portões elétricos e portões eletrônicos com câmeras, controles mais modernizados de acesso ao prédio, entre outros mecanismos que podem permitir que você tenha maior controle sobre todos os aspectos de segurança do seu prédio.

Podemos alcançar diferentes combinações destes sistemas, até encontrar o que melhor se encaixa com as suas principais necessidades, assim podemos chegar ao resultado ideal que irá garantir a mistura perfeita de segurança, praticidade e tecnologia que você merece e precisa.

Se você ainda está com dificuldade de escolher qual o melhor sistema de segurança para seu edifício, trouxemos este novo artigo para poder te ajudar a escolher qual o sistema que irá melhor atender às suas necessidades.

Qual o melhor sistema de segurança?

Para definir qual o melhor sistema de segurança é antes de mais nada importante definir quais são suas prioridades e que tipo de proteção você busca. Seu edifício é de grande porte e para suprir suas necessidades você precisa de uma proteção completa e alto diferenciado?

Então o melhor sistema para essa situação seria um que abrangesse todas essas necessidades, um portão automático com câmera, para que você possa verificar e ter o registro visual de quem entrou e saiu, o uso de alarmes é indispensável, principalmente quando o edifício não tiver muito movimento ou durante a noite, e é importante não esquecer que se o seu edifício é de grande porte associar essa toda essa automação de segurança do prédio com os sistemas de alarme e detecção de incêndio 4.0, potencializando ainda mais a proteção completa de todos.

Além disso é interessante em edifícios com grande movimentação de pessoas investir em um sistema de acesso de controle, onde cada pessoa que entrar e sair do prédio seja registrado, assim caso qualquer coisa venha acontecer você terá um registro de imagens e informações pessoais.

Edifícios de médio porte talvez não precisem de um sistema com tanta complexidade, como os sistemas de registros de entrada e saída, mas é importante ressaltar que mesmo assim seu sistema pode contar com os portões automáticos e alarmes, em especial os alarmes pois são os alarmes que vão ser a sinalização ideal para caso haja alguma situação emergencial. Muitos sistemas de alarmes contam com botões de pânico, que em geral significa que caso haja uma situação de risco, você pode pressionar o botão, que envia um sinal para a companhia responsável pelo sistema, essa central será responsável por se conectar com as autoridades e mandar ajuda para sua casa.

Como falamos anteriormente, são diferentes configurações dos sistemas de segurança, cada uma delas terá melhores resultados para as necessidades do seu edifício. Mas acima de tudo é essencial não esquecer um ponto, que faz parte dos sistemas de segurança porém com foco em outro tipo de emergência que pode acontecer dentro de prédios e galpões.

Os sistemas de alarme e detecção de incêndio são sistemas que são exigidos pelo Corpo de Bombeiros em todos os edifícios, sejam eles de pequeno, médio ou grande porte, estes sistemas são responsáveis por identificar qualquer princípio de incêndio, seja somente uma mudança de calo, um início real de chama ou só uma fumaça que possa indicar um problema e encontrar as melhores soluções de acordo com os equipamentos que estão conectados com a central principal do sistema.

Com um funcionamento muito semelhante aos sistemas de segurança que contam com centrais principais que armazenam as informações dos equipamentos e podem por ventura encontrar a melhor solução para um emergência, os sistemas de alarme e detecção também contam com centrais onde estão conectados todos os componentes, sejam eles os detectores, sistemas de aviso sonoros e visuais, acionadores, sprinklers entre outros componentes.

E quando em caso de emergência os detectores são acionados automaticamente e a central recebe o aviso e envia um sinal para o componente do sistema que irá resolver a situação na zona ou setor onde o problema começou. Caso haja uma emergência e alguém esteja no local próximo pode pressionar o acionador que irá enviar um aviso para a mesma central que irá fazer o mesmo processo do método anterior.

Mas é muito importante retornar a frisar que os sistemas de alarme e detecção de incêndio são obrigatórios em todos os edifícios de acordo com as normas de segurança do Corpo de Bombeiros, que é o órgão responsável por avaliar e liberar os alvarás de funcionamento dos edifícios.

E se o seu prédio ainda não tem esse componente essencial de segurança, a Eurofire Tecnologia e Segurança conta com sistemas de alarme e detecção de incêndio com a mais alta tecnologia do mercado.

Sistema de alarme e detecção de incêndio é na Eurofire Tecnologia

A principal missão da Eurofire Tecnologia é fornecer aos nossos clientes as melhores soluções em sistemas inteligentes de segurança contra incêndio em empresas de médio e grande porte. Buscamos entender todas as necessidades dos clientes assim desenvolvemos e aprimoramos soluções sob medida, equipamentos de ponta e serviços da mais alta qualidade.

Possuímos uma tecnologia de última geração, nossos sistemas inteligentes em detecção e alarme de incêndio são produtos da geração 4.0. Todo o controle e monitoramento está na palma da mão de nosso cliente, nossa tecnologia permite transformar prédios existentes e novos em edifícios inteligentes.

Então se você está buscando soluções inteligentes e inovadoras em sistemas contra incêndio, para raios e monitoramento remoto, a Eurofire Tecnologia tem tudo que você precisa com a melhor qualidade do mercado.

https://www.eurofire.com.br/sistema-de-seguranca/ Sistema de alarme de incêndio – Quais os tipos e como funciona um sistema de alarme de incêndio? sistema de alarme de incêndio

Para que um prédio possa funcionar é necessário que o Corpo de Bombeiros forneça um alvará de liberação, e para esse alvará são necessários diferentes pontos a serem compridos, como os corredores dos andares não podem ter obstruções assim como as escadas de emergência, todas as rotas de fuga devem obrigatoriamente serem sinalizadas, extintores e hidrantes são também peças obrigatórias e em especial se há no prédio ou não um sistema de alarme de incêndio.

Os sistemas de alarme de incêndio são de extrema importância, pois não basta ter somente os meios para combater o incêndio se não existe um sistema que possa avisar a todos do edifício a situação de emergência. Quando tratamos do avanço das chamas tudo pode ser muito imprevisível e instável, o que tornaria um edifício sem sistema de alarmes um real risco para integridade física.

Assim, para que todos possam fazer a evacuação do prédio, independente do tamanho do problema, é necessário que haja um bom sistema de alarme de incêndio para disparar o aviso da emergência e dessa forma iniciar o processo de evacuação completa do edifício.

Mas é importante lembrar que os sistemas não são todos iguais e muito menos exercem todos a mesma função, pelo contrário, temos mais de um tipo de sistema de alarme e muitos são voltados para mais do que identificar um foco de chama. Se você ainda não conhece muito bem sobre os sistemas, ou está buscando o ideal para que você possa estar em dia com as exigências do Corpo de Bombeiros, trouxemos neste novo artigo quais são os tipos de sistemas de alarme de incêndio e como funcionam.

Quais os tipos de sistemas de alarme de incêndio?

Como já falamos, temos mais que um tipo de sistema de alarme de incêndio, o equipamento pode em sua configuração identificar chamas, fumaça ou fontes de calor, alguns podem cumprir todas essas funções no mesmo equipamento ou você pode encontrar sistemas que façam duas dessas funções, alguns identificam a chamas e fumaça, outros calor e fumaça, entre outras opções que trazem somente benefícios para seu edifício.

Além disso, os sistemas podem estar na categoria de convencionais, endereçáveis ou analógicos. Os sistemas convencionais são de certa forma os mais simples entre os sistemas entre ambas as opções, apresentam melhor performance em ambientes menores e que exijam menos dispositivos pelos ambientes. O sistema convencional permite que você monitore os equipamentos ligados à central de alarme com o auxílio de dos detectores e acionadores por zonas ou setores.

Em caso de emergência o detector é acionada e manda um sinal para a central que identifica qual zona ou setor é o princípio do problema, dessa forma a central aciona as medidas necessárias para conter a emergência.

Porém com os sistemas convencionais não são de grande alcance ou muito específicos, o sinal de emergência é emitido de forma mais generalizada para aquele setor e caso o local seja muito extenso o sistema tem ainda menos precisão do local exato do início do incêndio, por isso em geral são sistemas para locais menores.

Outro ponto que vale ressaltar é que os sistemas convencionais não são capazes no geral de identificar possíveis falhas e defeitos de forma automática, por isso precisam estar sempre com a manutenção em dia.

Diferentemente dos sistemas convencionais, os equipamentos conectados aos sistemas endereçáveis recebem um endereço próprio, o que possibilita à central identificar a localização exata do foco de princípio de incêndio e assim poder entregar a melhor solução para o problema.

Outro fator diferenciado dos sistemas endereçáveis é que a central consegue controlar cada aparelho conectado de forma individual e rápida. Os sistemas endereçáveis também são capazes de identificar qualquer falha ou defeito de forma automática, permitindo assim que você verifique facilmente o problema do sistema.

Já os sistemas de alarme de incêndio analógicos são um modelo de sistema endereçável onde ocorre um monitoramento contínuo dos níveis de temperatura e fumaça de seus dispositivos, acionando os alarmes caso haja qualquer mudança nos padrões.

Dentro de cada um desses sistemas temos alguns componentes, como a central principal, que será responsável por lidar com todos os componentes e as tomadas de decisões, temos os detectores que podem ser de chamas, fumaça ou calor e que ficam espalhados pelos ambientes, os sinalizadores, avisadores sonoros, sprinklers, os acionadores manuais e os módulos de entrada e saída.

Os detectores são os responsáveis por analisar por completo toda as condições do ambiente, sendo o responsável por identificar a presença de fumaça, o aumento de calor do local, gases, o próprio princípio de chamas, entre outros sinais que podem ser indicações de começo de incêndio

Os acionadores são botões que ficam espalhados em pontos estratégicos nos ambientes, podem ser conectados aos sistemas convencionais e endereçáveis, e permitem que qualquer pessoa ative o sistema manualmente, facilitando assim o processo de evacuação em locais com grande movimentação de pessoas, pois como o sistema foi acionado manualmente, ele já libera um sinal de emergência antes mesmo da central ser acionada.

Os avisadores sonoros e visuais devem ser instalados em locais de fácil visualização e onde o som possa se propagar com maior facilidade, ou seja, não pode haver empecilhos que impedem a livre transmissão sonora ou visual dos avisadores. Os sprinklers são aqueles sistemas contra incêndios que liberam água por todo o local onde foi identificado o princípio de chama.

Geralmente são instalados em locais com grande presença de pessoas, como as saídas de emergência, corredores, saguões de empresas entre outros locais. Mas é importante que nem o sinal visual nem o sonoro dificultem a comunicação entre as pessoas que estiverem dentro do ambiente, pois qualquer ruído contrário pode complicar o processo de evacuação.

Como funciona um sistema de alarme de incêndio?

Os sistemas de alarme de incêndio funcionam como uma cadeia de eventos, por exemplo, seu sistema é composto por detectores, alertas sonoros e visuais e alguns equipamentos como uma rede de sprinklers, os cilindros de FM 200 ou até então assim que houver qualquer princípio de incêndio, seja de fumaça, mudança de calor ou até mesmo uma chama em si, seu detector recebendo o sinal vai enviar as informações para o sistema central.

É no sistema central que toda a mágica acontece, o sistema recebe o sinal que o detector envia e de forma rápida analisa as possibilidades e envia um sinal de volta para os mecanismos de combate ao incêndio, ligando os alertas sonoros e visuais para facilitar a evacuação, se seu sistema conta com os cilindros do gás FM 200 ele será liberado no foco do incêndio ou sse se seu sistema conta com uma rede de sprinklers, elas serão acionadas bem no foco principal da emergência.

O mais importante do sistema de alarme de incêndio é ter uma central inteligente com tecnologia avançada 4.0 pois assim todas as ações são realizadas de forma rápida, eficaz e com maior precisão, mesmo quando seu sistema é convencional.

Sistema de Alarme de Incêndio é na Eurofire Tecnologia

A principal missão da Eurofire Tecnologia é fornecer aos nossos clientes as melhores soluções em sistemas inteligentes de segurança contra incêndio em empresas de médio e grande porte. Buscamos entender todas as necessidades dos clientes assim desenvolvemos e aprimoramos soluções sob medida, equipamentos de ponta e serviços da mais alta qualidade.

Possuímos uma tecnologia de última geração, nossos sistemas inteligentes em detecção e alarme de incêndio são produtos da geração 4.0. Todo o controle e monitoramento está na palma da mão de nosso cliente, nossa tecnologia permite transformar prédios existentes e novos em edifícios inteligentes.

Então se você está buscando soluções inteligentes e inovadoras em sistemas contra incêndio, para raios e monitoramento remoto, a Eurofire Tecnologia tem tudo que você precisa com a melhor qualidade do mercado.

https://www.eurofire.com.br/sistema-de-alarme-de-incendio/ Gás FM 200 – Você sabe como funciona e onde pode ser utilizado o Gás FM 200 ? Gás extintor FM 200

Para se obter o alvará de liberação donos de edifícios precisam seguir algumas regras e exigências do Corpo de Bombeiros, entre diferentes medidas de segurança que são obrigatórias, os sistemas de combate a incêndio são os mais vistos nessa lista. E como sabemos incêndios podem começar em qualquer ponto, basta uma pequena faísca e podemos ter um problema enorme em nossas mãos, por isso para agir de forma mais rápida e prática contra esses incidentes, contamos com diferentes formulações, sendo uma delas o gás FM 200.

O gás FM 200 é composto por gases nobres, que entre as diferentes formulações de métodos para combate de incêndio, é uma das opções incolor, inodoro, não conduz eletricidade e não deixa resíduos após seu uso, o que permite que esse composto de gases possa extinguir chamas de classes A, B, e C em ambientes mais sensíveis, ou seja, com maquinários e eletrônicos ou em locais com grande passagem de pessoas.

O FM 200 não é um gás espesso, ou seja, não atrapalha a visão e muito menos causa a sensação de asfixia. Sendo um ótimo aliado durante os processos de evacuações.

Como funciona o Gás FM 200

Os gases que compõem o FM 200 ficam armazenados dentro de cilindros que são colocados em áreas protegidas e seguras, e é levado para os outros ambientes em casos de acionamento do sistema através de tubulações e é liberado pelos bicos difusores.

Assim que o sistema é acionado de forma automática através dos sensores detectores, o gás FM 200 é liberado no ambiente, onde for detectado o princípio de chama e de que forma rápida inunda completamente o ambiente, agindo como uma supressão diretamente no incêndio através de reações químicas, que são inofensivas para a saúde e meio ambiente.

A quantidade liberada do gás no ambiente é algo previamente calculado por quem realiza a configuração do sistema em seu edifício. O gás FM 200 pode permanecer por uma certa quantidade de tempo, em média 5 minutos, agindo nas chamas existentes e impedindo o aparecimento de novos focos durante esses minutos.

Esses minutos de permanência dos gases no ambiente podem proporcionar o tempo ideal para uma evacuação realizada com a maior segurança.

Onde usar o gás FM 200

O fator inofensivo para saúde e meio ambiente do gás é ideal para que o FM 200 seja bem versátil e possa ser utilizado na maioria dos ambientes, e como o gás não deixa resíduos para trás o FM 200 pode ser incluso nos sistemas de combate de incêndio em centros de processamentos de dados, salas de mídia, instalações de telecomunicações, salas de controles de máquinas, em diferentes ambientes de maquinários em navios, entre outros ambientes mais críticos e sensíveis a substâncias mais tóxicas.

Gás FM 200 é na Eurofire Tecnologia

A principal missão da Eurofire Tecnologia é fornecer aos nossos clientes as melhores soluções em sistemas inteligentes de segurança contra incêndio em empresas de médio e grande porte. Buscamos entender todas as necessidades dos clientes assim desenvolvemos e aprimoramos soluções sob medida, equipamentos de ponta e serviços da mais alta qualidade.

Possuímos uma tecnologia de última geração, nossos sistemas inteligentes em detecção e alarme de incêndio são produtos da geração 4.0. Todo o controle e monitoramento está na palma da mão de nosso cliente, nossa tecnologia permite transformar prédios existentes e novos em edifícios inteligentes.

Então se você está buscando soluções inteligentes e inovadoras em sistemas contra incêndio, para raios e monitoramento remoto, a Eurofire Tecnologia tem tudo que você precisa com a melhor qualidade do mercado.

https://www.eurofire.com.br/gas-extintor-fm-200/ O que é e para que serve o FM-200 da Eurofire Engenharia de Incêndio? FM-200 – Eurofire – Engenharia de Incêndio

Uma das exigências do Corpo de Bombeiros para edifícios, independente se são de pequeno, médio ou grande porte, são os sistemas combate a incêndio, uma forma de proteção contra princípios de incêndio de diferentes fontes, como madeira, equipamentos elétricos, papéis entre outros de pequena a larga escala. Para que esses sistemas sejam eficientes no combate a chamas dessas diversas fontes é necessário que os equipamentos tenham distintos formatos e fórmulas em sua composição. Sendo uma dessas fórmulas  o FM-200 da Eurofire

Se você ainda não conhece sobre essa forma de combate a incêndio, não se preocupe, trouxemos neste novo artigo o que é o FM-200 e quais são as suas principais aplicações, para que você saiba fique antenado a todas as formas possíveis de proteção contra incêndio para edifícios. 

O que é e para que serve o FM-200 da Eurofire Engenheria de Incêndio?

O FM-200 é um tipo de composto de gases nobres utilizado no combate ao incêndio, sendo uma junção incolor, inodoro, não conduz eletricidade e é extremamente versátil para combater princípios de incêndio, sendo capaz de extinguir chamas das classes A, B e C. 

Quando liberado no ambiente não deixa resíduos, partículas ou qualquer material corrosivo, o que o torna a melhor opção para ambientes críticos e com grande presença de pessoas diariamente e é facilmente removível do local com ventilação simples.

Outro grande ponto positivo sobre o uso do FM-200 é que esse tipo de gás não é espesso e como é incolor e inodoro não atrapalha no momento da evacuação, ou seja, o gás não obscurece a visão ou causa asfixia, o tornando muito inofensivo para pessoas e para o meio ambiente. 

O FM-200 age inundando completamente o ambiente com o gás e combatendo o início do incêndio através de uma combinação química e física sobre as chamas, agindo como uma supressão e impedindo assim uma nova combustão.  O gás do FM-200 pode permanecer ativo no ambiente por mais ou menos 5 minutos, o que traz maior conforto para evacuação, pois enquanto o gás estiver ativo não há riscos de nenhum princípio de chama se iniciar. 

São compactados dentro de grandes cilindros que ficam armazenados em locais seguros com um sistema de canos que conecta estes mesmos cilindros aos ambientes mais críticos, dessa forma assim que acionado o sistema o gás é liberado até o local com princípio de incêndio. 

FM-200 é na Eurofire Tecnologia

A principal missão da Eurofire Tecnologia é fornecer aos nossos clientes as melhores soluções em sistemas inteligentes de segurança contra incêndio em empresas de médio e grande porte. Buscamos entender todas as necessidades dos clientes assim desenvolvemos e aprimoramos soluções sob medida, equipamentos de ponta e serviços da mais alta qualidade. 

Possuímos uma tecnologia de última geração, nossos sistemas inteligentes em detecção e alarme de incêndio são produtos da geração 4.0. Todo o controle e monitoramento está na palma da mão de nosso cliente, nossa tecnologia permite transformar prédios existentes e novos em edifícios inteligentes.  

Então se você está buscando soluções inteligentes e inovadoras em sistemas contra incêndio, para raios e monitoramento remoto, a Eurofire Tecnologia tem tudo que você precisa com a melhor qualidade do mercado.

https://www.eurofire.com.br/fm-200-engenharia-de-incendio/ Escada Pressurizada – Como funciona e quando uma escada deve ser pressurizada? escada pressurizada

Em edifícios, principalmente os de médio e grande porte, são exigidas por lei diferentes formas de proteção contra incêndios, desde distribuição pelos andares de extintores, sistemas completos de alarmes, redes de hidrantes até as saídas de emergência com portas corta fogo. Dentro dessa extensa lista, uma das formas de proteção que vamos falar hoje neste artigo é a escada pressurizada.

As escadas pressurizadas são uma forma de criar uma rota de fuga altamente segura, capaz de proteger as pessoas não só do fogo mas também de toda a fumaça, que muitas vezes é a maior responsável por causar danos à saúde do que a chama em si.

Sendo uma medida de segurança exigida pelo Corpo de Bombeiros, muitos podem ainda não conhecer como uma escada pressurizada funciona, pensando nisso trouxemos em nosso novo artigo um pouco mais sobre como funciona a escada pressurizada e quando é interessante ter uma forma proteção anti incêndio como essa.

Como funciona a escada pressurizada?

O sistema da escada pressurizada é composto um motoventilador do tipo centrífugo também chamado de insuflador, que possui uma fonte de energia independente, responsável por “jogar” o ar externo limpo para dentro do espaço da escada.

Temos os dutos de captação que fazem a ligação com o insuflador e o ambiente externo na sala de pressurização, o duto é uma peça responsável por captar esse ar externo e levá-lo até o insuflador.

Além disso, temos os dutos verticais, responsáveis por levar o ar pressurizado pelo motoventilador até o corpo da escada e o duto de insuflamento que faz a conexão entre o insuflador e o duto vertical.

Temos as grelhas de insuflamento, responsáveis por direcionar e distribuir o ar pressurizado no duto vertical para os espaços em todo o corpo da escada, essas grelhas devem estar distribuídas em intervalos regulares.

Junto aos motoventiladores podemos encontrar os filtros de ar e a veneziana de captação, para garantir que o ar externo esteja o mais limpo possível para não contaminar o espaço pressurizado. Outra peça importante para a escada pressurizada é o damper de sobrepressão, um equipamento que tem como função aliviar a pressão extra do ambiente.

Uma escada pressurizada com pressão além do necessário dificulta a abertura das portas, impedindo o Corpo de Bombeiros acessar o local e dificultando as pessoas a saírem do edifício.

A escada pressurizada também conta com um detector de fumaça, para que assim que o detector perceba a situação de risco, acione o por completo o sistema de pressurização. As escadas também contam com portas corta chamas e iluminação de emergência.

Podemos encontrar dois tipos de estágios do sistema da escada. No primeiro estágio o sistema só é ativado quando o detector de fumaça é acionado. Já no segundo estágio a escada está sempre pressurizada, porém com uma baixa vazão de ar e ela só é elevada quando o sistema é acionado pelo detector.

Todos esses equipamentos são alimentados por geradores próprios, sem nenhuma conexão com a fonte de energia principal do prédio, para que o sistema funcione de forma independente. E para melhor funcionamento e proteção destes equipamentos ficam todos em uma espécie de sala, chamada de sala de insuflamento.

Quando uma escada deve ser pressurizada?

Para saber exatamente quando uma escada deve ser pressurizada é preciso consultar o Corpo de Bombeiros e as normas do estado, pois essa informação varia de regulamento para regulamento. Ao solicitar que o Corpo de Bombeiros verifique seu projeto a utilização ou não da escada pressurizada deve entrar na conversa.

Mas em geral esse modelo de escada para saída de emergência é muito mais útil em edifícios com muitos andares, pois prédios mais altos podem levar mais tempo para evacuação completa e a escada pressurizada não só impede a chama mas como também a tóxica fumaça.

Escada Pressurizada é na Eurofire Tecnologia

A principal missão da Eurofire Tecnologia é fornecer aos nossos clientes as melhores soluções em sistemas inteligentes de segurança contra incêndio em empresas de médio e grande porte. Buscamos entender todas as necessidades dos clientes assim desenvolvemos e aprimoramos soluções sob medida, equipamentos de ponta e serviços da mais alta qualidade.

Possuímos uma tecnologia de última geração, nossos sistemas inteligentes em detecção e alarme de incêndio são produtos da geração 4.0. Todo o controle e monitoramento está na palma da mão de nosso cliente, nossa tecnologia permite transformar prédios existentes e novos em edifícios inteligentes.

Então se você está buscando soluções inteligentes e inovadoras em sistemas contra incêndio, para raios e monitoramento remoto, a Eurofire Tecnologia tem tudo que você precisa com a melhor qualidade do mercado.

https://www.eurofire.com.br/como-funciona-e-quando-uma-escada-deve-ser-pressurizada/ Iluminação de Emergência – Como funciona e porque ter um sistema de iluminação de emergência? iluminação de emergência

Em edifícios, sejam eles de pequeno a grande porte, alguns itens de segurança são considerados obrigatórios pela ABNT (Associação Brasileiras de Normas Técnicas) e pelo Corpo do Bombeiro a fim de considerar o local seguro e pronto para uso. Na lista dos itens de segurança obrigatório temos a iluminação de emergência.

Edifícios devem ter a iluminação de emergência espalhada em locais estratégicos para iluminar rotas de evacuação ou ambientes que podem representar riscos para integridade física em caso de quedas de energia.

E você provavelmente já deve ter visto esse tipo de iluminação espalhada em diferentes lugares, mas já parou para pensar como ela funciona? Afinal, as iluminações de emergência são feitas para serem independentes e funcionarem em casos onde não se pode contar com a energia elétrica tradicional.

Para responder essas curiosidade sobre esse equipamento de segurança trouxemos em nosso novo artigo: como funciona uma iluminação de emergência.

Como funciona uma Iluminação de Emergência?

A iluminação de emergência funciona de forma independente pois conta com um circuito elétrico alimentado por baterias. Dependendo do modelo de luz de emergência, o circuito pode contar com mais de uma bateria. Em média a luz dura cerca de três horas, porém alguns equipamentos podem ter uma duração bem maior que a média encontrada no mercado nas iluminações de emergência mais simples.

A bateria da maioria desses equipamentos é recarregável, ou seja, não há necessidade de ficar trocando a iluminação pois é possível carregar a bateria e garantir maior tempo de uso útil do equipamento.

Entretanto é importante estar sempre verificando se o equipamento precisa de manutenção, se alguma das lâmpadas LED precisa ser trocada ou se a bateria está funcionando perfeitamente.

Porque ter um sistema de iluminação de emergência?

Como já comentamos acima, a iluminação de emergência é uma exigência do Corpo de Bombeiros como parte dos equipamentos de segurança em edifícios de pequeno a grande porte. Seu uso é necessário para iluminar e ajudar a indicar as rotas de fuga mais próximas e curtas possíveis para que as pessoas possam sair com segurança do prédio em caso de emergência.

A iluminação de emergência não é um luxo, mas sim uma exigência por lei, e cada equipamento deve estar de acordo com as normas da ABNT e as normas técnicas do Corpo de Bombeiros.
Se você está buscando maior proteção para seu prédio e a garantia que em casos de emergência todos poderão sair do edifício com segurança e a integridade física preservada é essencial que você invista na iluminação de emergência!

Iluminação de Emergência é na Eurofire Tecnologia

A principal missão da Eurofire Tecnologia é fornecer aos nossos clientes as melhores soluções em sistemas inteligentes de segurança contra incêndio em empresas de médio e grande porte. Buscamos entender todas as necessidades dos clientes assim desenvolvemos e aprimoramos soluções sob medida, equipamentos de ponta e serviços da mais alta qualidade.

Possuímos uma tecnologia de última geração, nossos sistemas inteligentes em detecção e alarme de incêndio são produtos da geração 4.0. Todo o controle e monitoramento está na palma da mão de nosso cliente, nossa tecnologia permite transformar prédios existentes e novos em edifícios inteligentes.

Então se você está buscando soluções inteligentes e inovadoras em sistemas contra incêndio, para raios e monitoramento remoto, a Eurofire Tecnologia tem tudo que você precisa com a melhor qualidade do mercado.

https://www.eurofire.com.br/porque-ter-um-sistema-de-iluminacao-de-emergencia/ Mangueira de incêndio – quantos metros tem uma mangueira de incêndio?

Dentro de uma rede de hidrantes existem diversas peças que são extremamente importantes para um funcionamento perfeito desse sistema, uma dessas peças fundamentais é a mangueira de incêndio. Talvez a peça mais importante do sistema, pois será ela a que vai estar nos pontos estratégicos e será manuseada para realizar o combate ao incêndio.

Mas você sabia que a mangueira de incêndio conta com diferentes tipos, cores e tamanhos específicos? Antes de entrarmos nessas especificações é importante lembrar que todo equipamento deve ser certificado pela ABNT e estar dentro de todas as normas reguladoras. Qualquer equipamento que não esteja de acordo é penalizado com multas ou até mesmo o fechamento do local.

Quais tipos de mangueira de incêndio?

Como já iniciamos no texto existem mais de um tipo de mangueira de incêndio, essa variação ocorre na capacidade máxima de pressão de trabalho, o que também interfere no local onde melhor será usado. Atualmente temos um total de 5 tipos de mangueiras de incêndio.

Além da diferença de pressão de trabalho, as mangueiras de incêndio também são diferenciadas entre si por cores. Normalmente as mangueiras do tipo 1, 2 e 3 são fabricadas na cor branca. Já a mangueira tipo 4 é fabricada na cor vermelha/vinho e a tipo 5 preta. Mas a ABNT não define como uma obrigatoriedade essa distinção em cores.

Muito disso é definido pela empresa que está fabricando a mangueira, entretanto se utiliza essa variação de cores para identificar com maior facilidade a categoria daquela mangueira.

Quantos metros tem uma mangueira de incêndio?

Sabendo os tipos diferentes e suas funcionalidades surge uma dúvida muito importante no momento em que você buscar a instalação desse sistema: quantos metros deve ter uma mangueira de incêndio?

As mangueiras podem vir numa variação de comprimento de 15, 20, 25 e 30 metros. Os tamanhos mais comuns utilizados são as de 15 e 30 metros.

Se você tem dúvida qual tamanho ideal para a mangueira do seu sistema de hidrante, considere toda a extensão do local, um ambiente menor e mais estreito não precisa necessariamente de uma mangueira que chegue a 30 metros.

Mas se o local onde for instalado a caixa é bem espaçoso e com fácil acesso para outros cômodos, talvez investir no maior tamanho seja a melhor solução.

Mangueira de incêndio é na Eurofire Tecnologia

A principal missão da Eurofire Tecnologia é fornecer aos nossos clientes as melhores soluções em sistemas inteligentes de segurança contra incêndio em empresas de médio e grande porte. Buscamos entender todas as necessidades dos clientes assim desenvolvemos e aprimoramos soluções sob medida, equipamentos de ponta e serviços da mais alta qualidade.

Possuímos uma tecnologia de última geração, nossos sistemas inteligentes em detecção e alarme de incêndio são produtos da geração 4.0. Todo o controle e monitoramento está na palma da mão de nosso cliente, nossa tecnologia permite transformar prédios existentes e novos em edifícios inteligentes.

Então se você está buscando soluções inteligentes e inovadoras em sistemas contra incêndio, para raios e monitoramento remoto, a Eurofire Tecnologia tem tudo que você precisa com a melhor qualidade do mercado.

https://www.eurofire.com.br/quantos-metros-tem-uma-mangueira-de-incendio/ Rede de hidrante – como funciona uma rede de hidrante? rede de hidrante

Se você é dono de um prédio sabe da necessidade constante de garantir que tudo e todos estejam sempre bem protegidos e que acidentes podem acontecer a qualquer momento, e talvez um dos mais temidos sejam os incêndios. Existem várias formas de se ter uma proteção para isso, mas hoje vamos falar sobre a rede de hidrante.

Você já deve ter visto pelo menos uma vez uma rede de hidrante dentro de algum prédio de grande porte, uma forma bem eficaz e um sistema importante de se ter. Afinal, com um bom sistema de hidrante quando a ajuda profissional chegar ao seu prédio todo o processo de acabar com o incêndio pode ser feito de forma mais rápida.

Mas você já parou para pensar como funciona todo esse sistema? Hoje trouxemos uma explicação melhor de como funciona uma rede de hidrantes, dessa forma você pode ficar por dentro de tudo que acontece no seu prédio.

Como funciona uma rede de hidrante?

Para um funcionamento perfeito, a rede de hidrante conta com algumas peças importantes que devem ser instaladas em lugares estratégicos e todo um planejamento que deve ser seguido para que tudo funcione da mais perfeita forma.

Os itens de segurança que devem estar presentes em uma rede de hidrante são:

Antes de continuarmos sobre seu funcionamento é preciso lembrar primeiro que existe mais de um tipo de hidrante, os de solo – aqueles que vemos na rua – os de parede, industrial e de recalque. Os mais usados em edifícios são os de parede, é sobre ele que vamos falar mais.

A rede de hidrante funciona de forma simples e direta, são instalados dentro do prédio um sistema hidráulico com água pressurizada, esses canos devem percorrer todo o prédio com vazão para os pontos estratégicos onde estão instaladas as mangueiras.

Esse sistema é acionado de forma manual, onde quem for manusear pode retirar a mangueira que está conectada a esse sistema hidráulico – a água sai do reservatório com a pressão que a bomba exerce e leva esse jato até a mangueira – e acionar o jato.

Uma obrigação de todo o prédio é manter a mangueira dentro de um abrigo, que deve estar pintado de vermelho e de fácil acesso e manuseio. Assim qualquer com um pouco de treino pode manusear e realizar os primeiros serviços de combate a incêndio, até que o Corpo de Bombeiros chegue.

Rede de hidrante é na Eurofire Tecnologia

A principal missão da Eurofire Tecnologia é fornecer aos nossos clientes as melhores soluções em sistemas inteligentes de segurança contra incêndio em empresas de médio e grande porte. Buscamos entender todas as necessidades dos clientes assim desenvolvemos e aprimoramos soluções sob medida, equipamentos de ponta e serviços da mais alta qualidade.

Possuímos uma tecnologia de última geração, nossos sistemas inteligentes em detecção e alarme de incêndio são produtos da geração 4.0. Todo o controle e monitoramento está na palma da mão de nosso cliente, nossa tecnologia permite transformar prédios existentes e novos em edifícios inteligentes.

Então se você está buscando soluções inteligentes e inovadoras em sistemas contra incêndio, para raios e monitoramento remoto, a Eurofire Tecnologia tem tudo que você precisa com a melhor qualidade do mercado.

https://www.eurofire.com.br/como-funciona-uma-rede-de-hidrante/ Hidrante – quando é obrigatório ter um hidratante? hidrante

O maior medo de qualquer dono de prédio é acontecer um acidente com incêndio, por isso o investimento em sistemas contra incêndio é sempre uma forma de garantir a segurança de todos, mas para aqueles que buscam maior proteção e ainda seguir as normas do Corpo de Bombeiros temos o hidrante.

Se você ainda tem dúvida se seu prédio é obrigado a ter um hidrante, trouxemos essas informações nesse artigo, para que você fique melhor informado e saiba proteger seu prédio da melhor forma possível.

Quando é obrigatório ter um hidrante

As legislações podem variar de acordo com cada estado e variando de acordo com a localização da edificação, a obrigatoriedade do hidrante também pode sofrer essa variação. Além da legislação estadual, você pode consultar a NBR 13. 714 da ABNT, que regula os Sistemas de Combate a Incêndio por Hidrantes.

Mas para evitarmos entrarmos em tantos detalhes pequenos sobre normas, vamos resumir de forma mais geral a necessidade do hidrante em um edifício depende de quatro classificações, e se seu empreendimento se enquadrar nessas categorias o uso deve ser uma obrigatoriedade.

O tipo de ocupação

O primeiro ponto a ser analisado é a ocupação da edificação, para analisar esse fator temos a Tabela D.1 da NBR 13.714 da ABNT, que faz a referência quanto ao tipo de sistema de hidrante que poderá ser utilizado neste prédio.

Ressaltando que a tabela de São Paulo é a mais atualizada entre todas no quesito da obrigatoriedade do hidrante.

Área construída

Quase todas as legislações de segurança contra incêndio dos estados brasileiros mencionam a necessidade da instalação do sistema de hidrante considerando o risco que a edificação corre sobre incêndios, também é levado em consideração a área ao redor e a altura do prédio.

Altura

A altura da edificação faz total diferença quando precisamos analisar a necessidade do hidrante, mas além desse ponto também se considera uma análise de risco desse empreendimento.

Mas de forma geral quanto maior o prédio maior a necessidade de métodos de segurança contra incêndio, então para prédios com muitos andares não arrisque e instale hidrantes pelos andares.

Carga de Incêndio

A ABNT NBR 14432:2001, define que a carga de incêndio é a “soma das energias caloríficas que poderiam ser liberadas pela combustão completa de todos os materiais combustíveis em um espaço, inclusive os revestimentos das paredes divisórias, pisos e tetos”.

Tendo conhecimento dessa carga do prédio, é possível classificá-lo quanto ao risco de incêndio. Para chegar a esse resultado é preciso mensurar todos os materiais combustíveis que existem dentro do prédio. Mas essa análise só pode ser feita por um projetista especialista.

Hidrante é na Eurofire Tecnologia

A principal missão da Eurofire Tecnologia é fornecer aos nossos clientes as melhores soluções em sistemas inteligentes de segurança contra incêndio em empresas de médio e grande porte. Buscamos entender todas as necessidades dos clientes assim desenvolvemos e aprimoramos soluções sob medida, equipamentos de ponta e serviços da mais alta qualidade.

Possuímos uma tecnologia de última geração, nossos sistemas inteligentes em detecção e alarme de incêndio são produtos da geração 4.0. Todo o controle e monitoramento está na palma da mão de nosso cliente, nossa tecnologia permite transformar prédios existentes e novos em edifícios inteligentes.

Então se você está buscando soluções inteligentes e inovadoras em sistemas contra incêndio, para raios e monitoramento remoto, a Eurofire Tecnologia tem tudo que você precisa com a melhor qualidade do mercado.

https://www.eurofire.com.br/hidrante-quando-e-obrigatorio-ter-um-hidratante/ AVCB – quem precisa do alvará do corpo de bombeiros – AVCB? AVCB

O Corpo de Bombeiros é responsável por analisar e dar os alvarás de funcionamento para comércios, prédios, construções, reformas, mudanças de layout entre outros, para garantir que todos estão funcionando de forma correta e contam com todos os requisitos de segurança. Um desses alvarás é o AVCB.

Hoje trouxemos neste artigo um pouco mais para que você saiba quem precisa tirar o alvará do Corpo de Bombeiros AVCB. Para que você possa descobrir se você precisa ter esse alvará ou não.

Quem precisa do alvará do Corpo de Bombeiros AVCB?

Quem vai precisar retirar o alvará do Corpo de Bombeiros AVCB são para todos os tipos de edificações concluídas, em construção, locais em reforma, que estão em mudança de layout, aumento de área do prédio, mudança o uso da edificação ou em processo de regularização ou para áreas de risco.

Neste caso, para descobrir se a área é de risco basta considerar se no ambiente externo do prédio apresenta algum risco específico que facilita a ocorrência de incêndio ou emergência, como ter perto do prédio um local de armazenamento de produtos inflamáveis ou combustíveis, subestações elétricas, explosivos, produtos perigosos.

Quem não precisa solicitar o alvará AVCB?

Estão dispensados de obter o alvará AVCB do Corpo de Bombeiros qualquer edificação de uso exclusivamente residencial unifamiliares isoladas ou localizada no pavimento superior de ocupação mista, considerando que tenha até dois pavimentos, que tenha algum acesso independente para a via pública e não possua interligação entre as ocupações.

Quem precisa solicitar o alvará AVCB?

Se sua empresa está em um prédio que não pertence a você a obrigação de tirar esse alvará é do dono da edificação. Se você é de fato o dono do prédio é de sua responsabilidade solicitar este alvará com o Corpo de Bombeiros, pois esse tipo de solicitação não fica vinculada com o CNPJ da empresa, mas sim ao imóvel de fato, ou seja, o dono é o único responsável por solicitar esse alvará.

Sistemas contra incêndio é na Eurofire Tecnlogia

A principal missão da Eurofire Tecnologia é fornecer aos nossos clientes as melhores soluções em sistemas inteligentes de segurança contra incêndio em empresas de médio e grande porte. Buscamos entender todas as necessidades dos clientes assim desenvolvemos e aprimoramos soluções sob medida, equipamentos de ponta e serviços da mais alta qualidade.

Possuímos uma tecnologia de última geração, nossos sistemas inteligentes em detecção e alarme de incêndio são produtos da geração 4.0. Todo o controle e monitoramento está na palma da mão de nosso cliente, nossa tecnologia permite transformar prédios existentes e novos em edifícios inteligentes.

Então se você está buscando soluções inteligentes e inovadoras em sistemas contra incêndio, para raios e monitoramento remoto, a Eurofire Tecnologia tem tudo que você precisa com a melhor qualidade do mercado.

https://www.eurofire.com.br/quem-precisa-do-alvara-do-corpo-de-bombeiros-avcb/ Sprinkler de incêndio – quando precisa de um sprinkler de incêndio? sprinkler de incêndio

O sprinkler de incêndio é uma forma de combate a incêndio que não necessita de ação humana, ou seja, assim que o sensor identifica um ponto de chama ou uma fumaça indicando o início de um incêndio o sprinkler é acionado e libera uma grande quantidade de água pelo local.

Entre todos os métodos de combate, o sprinkler é o único que não necessita da ação humana em nenhum momento, outro ponto é que o uso desse sistema não é uma obrigatoriedade. Porém mesmo não sendo algo obrigatório e sim mandatório, é interessante considerar seu uso como forma de combate a incêndio.

Quando se precisa de um sprinkler de incêndio

Você necessariamente não precisa utilizar o sprinkler de incêndio como método de combate dentro do seu edifício comercial, existem outros tipos de sistemas que vão trazer um forma de segurança parecida.

Entretanto vamos fazer um exercício simples de imaginar e criar uma situação. Você tem uma empresa de grande porte e dentro do seu prédio além de muitos andares, o prédio comporta um número muito elevado de funcionários.

Seu prédio comercial tem mais de 20 andares e você não pensa em utilizar o sprinkler de incêndio como método. Ok, agora imagine que começou um incêndio nos andares do meio do seu prédio. O sistema que você tem aciona o alarme, o Corpo de Bombeiros recebe o aviso e você começa evacuar seu prédio.

Todos os funcionários que estão acima do incêndio precisam sair com segurança e sem tumultos, assim como os funcionários do andar do acidente e dos abaixo. É uma corrida contra o tempo, até chegar a ajuda dos Bombeiros e você conseguir tirar todos os seus funcionários.

Agora imagine esse mesmo cenário, mas seu sistema contra incêndio é o sprinkler. Os passos serão os mesmos, o sensor aciona o alerta, que avisa o Corpo de Bombeiros, você ainda precisa cuidar da evacuação de seus funcionários com calma e sem tumultos.

Mas agora nesse cenário você tem uma vantagem que no outro não havia, o sprinkler ao ser acionado pelo sensor libera água pelos pontos em que foi instalado, ou seja, o andar do acidente vai receber uma “chuva”. Dessa forma controlar a chamas é bem mais fácil e seus funcionários vão sentir essa segurança também.

O sprinkler precisa ser considerado o meio de proteção contra incêndios quando as edificações são muito altas, com andares que passam do vigésimo e comportam um número muito grande de funcionários. Pois o sprinkler acaba sendo o meio mais rápido para combater esse foco de incêndio.

Sprinkler de Incêndio é na Eurofire Tecnologia

A principal missão da Eurofire Tecnologia é fornecer aos nossos clientes as melhores soluções em sistemas inteligentes de segurança contra incêndio em empresas de médio e grande porte. Buscamos entender todas as necessidades dos clientes assim desenvolvemos e aprimoramos soluções sob medida, equipamentos de ponta e serviços da mais alta qualidade.

Possuímos uma tecnologia de última geração, nossos sistemas inteligentes em detecção e alarme de incêndio são produtos da geração 4.0. Todo o controle e monitoramento está na palma da mão de nosso cliente, nossa tecnologia permite transformar prédios existentes e novos em edifícios inteligentes.

Então se você está buscando soluções inteligentes e inovadoras em sistemas contra incêndio, para raios e monitoramento remoto, a Eurofire Tecnologia tem tudo que você precisa com a melhor qualidade do mercado.

https://www.eurofire.com.br/quando-precisa-de-um-sprinkler-de-incendio/ Detector de fumaça – Como funciona um detector de fumaça? Detector de Fumaça

Uma peça fundamental dentro de um sistema de incêndio é o detector de fumaça, ele é o responsável por identificar o início de alguma chama ou até mesmo aqueles incidentes que não envolvem fogo mas liberam fumaças tóxicas. Mas por ser uma peça tão fundamental para a segurança você precisa saber como ela funciona.

Neste artigo vamos te contar um pouco mais sobre como funcionam os detectores de fumaça e quais os tipos que existem no mercado.

Como funciona o detector de fumaça

Existe mais de um tipo de detector de fumaça disponível no mercado, e por conta dessa variação para entender melhor como esse dispositivo funciona, precisamos falar sobre cada um de forma mais específica. Pois cada tipo de detector tem uma forma diferente de funcionar

Detector de fumaça com sensor óptico

O detector de fumaça com sensor óptico possui de um lado do dispositivo uma fonte de luz e do outro lado um sensor óptico, também chamado de fotoelétrico, pois esse sistema transforma a luz em eletricidade. Essa fonte de luz externa é constante e quando o leve sinal de fumaça ou chama passa em frente a essa luz, esse feixe é interrompido e o aparelho é acionado.

Quando a estrutura é em forma de T temos posicionados esses emissores de luz, em uma extremidade horizontal, o sensor óptico na base da parte vertical. Enquanto não tiver sinal de fumaça ou fogo, o feixe segue em linha reta.

Assim que o feixe de luz identifica o mínimo de fumaça ou chamas, essa luz faz a curva e é jogada para atingir o sensor, o que consequentemente faz o alarme interligado ao sensor disparar.

Detector de fumaça iônico

Os sensores mais utilizados e eficientes são os que usam o sistema composto por uma fonte de eletricidade conectada a uma câmara de ionização. Essa câmara contém ar e uma quantidade pequena do elemento amerício-241, um fonte de radiação muito baixa e inofensiva.

Esse detector funciona de forma bem simples, nas duas extremidades da câmara existem placas metálicas que são energizadas com uma corrente contínua. O ar que o dispositivo contém é ionizado pelo amerício-241 e conduz a eletricidade necessária pelas placas.

Assim que a fumaça entra dentro da câmara, a corrente é interrompida e o alarme é disparado.

Independente do sistema de detector de fumaça que for utilizado é importante que ele esteja conectado a uma central principal, pois é desse sistema que saem todas as medidas de segurança em caso de incêndio.

Detector de fumaça é na Eurofire Tecnologia

A principal missão da Eurofire Tecnologia é fornecer aos nossos clientes as melhores soluções em sistemas inteligentes de segurança contra incêndio em empresas de médio e grande porte. Buscamos entender todas as necessidades dos clientes assim desenvolvemos e aprimoramos soluções sob medida, equipamentos de ponta e serviços da mais alta qualidade.

Possuímos uma tecnologia de última geração, nossos sistemas inteligentes em detecção e alarme de incêndio são produtos da geração 4.0. Todo o controle e monitoramento está na palma da mão de nosso cliente, nossa tecnologia permite transformar prédios existentes e novos em edifícios inteligentes.

Então se você está buscando soluções inteligentes e inovadoras em sistemas contra incêndio, para raios e monitoramento remoto, a Eurofire Tecnologia tem tudo que você precisa com a melhor qualidade do mercado.

https://www.eurofire.com.br/como-funciona-um-detector-de-fumaca/ Painel de Incêndio – qual a função do painel de incêndio Painel de Incêndio

Se você tem um sistema de alarme de incêndio instalado dentro das dependências da sua empresa, naturalmente você pode ter um painel de incêndio para complementar a segurança do seu sistema. Se você ainda não conhece a função desse painel, esse artigo é para você.

Vamos explicar melhor qual a real função do painel de incêndio e qual a vantagem complementar seu sistema com essa nova tecnologia.

O que é e qual função do painel de incêndio

O painel de incêndio, ou como também pode ser chamado de painel de controle de alarme de incêndio é uma painel elétrico que exibe a localização exata de todos os equipamentos de incêndio dentro do edifício, incluindo a localização dos detectores, dos sistemas de sprinklers e cada interruptor do alarme de incêndio.

Esse tipo de tecnologia é a forma mais avançada de proteção contra incêndio e por ser tão completa com suas informações, já que com esse único painel você tem acesso a todos os dispositivos contra incêndios, é ideal para ser usada em edifícios comerciais e grandes hotéis.

O dispositivo também pode ser utilizado como um painel de segurança principal, ou seja, o hub principal de todas informações de dispositivos de segurança conectados ao edifício, de forma que seja possível detectar portas e janelas abertas dentro da estrutura do prédio, por exemplo.

O painel serve como um grande mapa do prédio, e quando há princípios de incêndios uma luz piscante é acesa no painel e no próprio local, assim as equipes de socorro podem encontrar de forma precisa o local do incidente.

Além disso, o sistema do painel é inteligente o suficiente para detectar as rotas de fuga que estão livres do fogo. Por ser um sistema tão amplo você pode encontrar algumas variações dele.

Os modelos mais simples contam com acesso a dispositivos básicos de um sistema, já os mais avançados podem de forma automática entrar em contato com o Corpo de Bombeiros assim que a menor aparição de chama é feita pelo painel.

Esse tipo de painel costuma ficar um uma área pouco visitada pelo público ou a maioria dos colaboradores, sendo monitorada pela segurança e administração do prédio, já que são eles que assim que o sistema avisa de incêndio, podem tomar as medidas de evacuação necessárias.

A instalação desse painel deve ser feita por uma empresa com experiência nesse tipo de serviço, para que seja feito da forma correta e o sistema funcione de forma plena.

Painel de Incêndio é na Eurofire Tecnologia

A principal missão da Eurofire Tecnologia é fornecer aos nossos clientes as melhores soluções em sistemas inteligentes de segurança contra incêndio em empresas de médio e grande porte. Buscamos entender todas as necessidades dos clientes assim desenvolvemos e aprimoramos soluções sob medida, equipamentos de ponta e serviços da mais alta qualidade.

Possuímos uma tecnologia de última geração, nossos sistemas inteligentes em detecção e alarme de incêndio são produtos da geração 4.0. Todo o controle e monitoramento está na palma da mão de nosso cliente, nossa tecnologia permite transformar prédios existentes e novos em edifícios inteligentes.

Então se você está buscando soluções inteligentes e inovadoras em sistemas contra incêndio, para raios e monitoramento remoto, a Eurofire Tecnologia tem tudo que você precisa com a melhor qualidade do mercado.

https://www.eurofire.com.br/qual-a-funcao-do-painel-de-incendio/ Alarmes de incêndio – O que são e quais os tipos de alarmes de incêndio? Alarmes de Incêndio

Se você prioriza a segurança e bem-estar de todos os colaboradores da sua empresa e ainda não adotou um sistema de alarmes de incêndio eficiente, temos uma dica para você. É imprescindível que qualquer dono de empresa tenha um sistema eficiente de alarmes contra incêndio instalado nas dependências do edifício.

Não basta investir em extintores, placas de sinalização e treinamentos se o prédio não conta com um sistema básico de alarme de incêndio. Pois até o sistema mais simples pode evitar maiores acidentes.

O que são os alarmes de incêndio

Os alarmes de incêndio são sistemas cuja sua principal função é alertar para pontos de incêndio dentro das dependências do prédio/galpão em que for instalado, a fim de agilizar os procedimentos e possibilitar uma rápida ação do Corpo de Bombeiros para controle da situação.

O melhor ponto destes sistemas é que não só identificam a chama em si, mas também contam com detectores de fumaça e calor. O que traz uma amplitude e maior segurança para todos os colaboradores presentes no edifício.

Essa é a função básica de um alarme de incêndio, mas além disso existem dois tipos de sistemas que funcionam de forma diferentes.

Quais os tipos de alarmes de incêndio

Podemos ter dois tipos de alarmes de incêndio, os de sistema convencional e os com sistema endereçável. Para que você não fique só no conhecimento básico, vamos explicar um pouco mais sobre as diferenças entre ambos esses sistemas.

Mas antes de falarmos sobre as diferenças, um ponto em comum entre os dois tipos de sistemas são os acionadores, dispositivos ligados tanto no sistema endereçável quanto no convencional, que permite sua ativação manual.

O que agiliza ainda mais o processo em caso de emergência pois é possível avisar a todos com alarmes de forma mais rápida e iniciar o processo de evacuação antes mesmo do sistema central acionar ajuda.

Sistema de alarme de incêndio convencional

É o mais simples dos sistemas, sendo utilizado em ambientes menores, pois não exige menos dispositivos, o que consequentemente geram menos custos com instalação e manutenção.

O sistema convencional permite o monitoramento de áreas delimitadas por zonas ou setores com o auxílio de uma central de alarme, detectores e acionadores. Assim que temos um princípio de incêndio, o detector é acionado e a central recebe o aviso de qual zona se iniciou o incidente e a central cuida para que as providências ideais sejam tomadas.

O sistema convencional identifica de forma geral a zona que foi atingida, o problema é que com esse tipo de identificação não é muito específico, o que significa que para locais muito grandes ele não seria eficiente.

Além disso, o sistema de alarme de incêndio convencional não consegue identificar falhas e defeitos de maneira automática, o que te obriga a estar sempre fazendo uma manutenção periódica.

Sistema de alarme de incêndio endereçável

Diferente do convencional, o sistema de alarme de incêndio endereçável permite que cada dispositivo associado a ele receba seu endereço próprio dentro da central principal, o que significa que esse sistema consegue identificar com maior precisão os princípios de incêndio.

Além disso, por cada dispositivo interligado contar com seu próprio endereço, a central consegue controlar esses aparelhos de forma individual e mais rápido que no sistema convencional. Outro ponto positivo é que esse sistema identifica suas falhas e defeitos automaticamente.

O sistema endereçável é composto por um central, detectores de chama/fumaça/calor, acionadores automáticos e manuais, sinalizadores e módulos de entrada e saída. Uma semelhança com o convencional é que a central é responsável por receber todas as informações dos outros dispositivos e ativar as medidas necessárias em caso de incêndio.

Os detectores ligados ao sistema endereçável conta com dois tipos de dois tipos de circuitos:

Alarmes de incêndio é na Eurofire Tecnlogia

A principal missão da Eurofire Tecnologia é fornecer aos nossos clientes as melhores soluções em sistemas inteligentes de segurança contra incêndio em empresas de médio e grande porte. Buscamos entender todas as necessidades dos clientes assim desenvolvemos e aprimoramos soluções sob medida, equipamentos de ponta e serviços da mais alta qualidade.

Possuímos uma tecnologia de última geração, nossos sistemas inteligentes em detecção e alarme de incêndio são produtos da geração 4.0. Todo o controle e monitoramento está na palma da mão de nosso cliente, nossa tecnologia permite transformar prédios existentes e novos em edifícios inteligentes.

Então se você está buscando soluções inteligentes e inovadoras em sistemas contra incêndio, para raios e monitoramento remoto, a Eurofire Tecnologia tem tudo que você precisa com a melhor qualidade do mercado.

https://www.eurofire.com.br/o-que-sao-e-quais-os-tipos-de-alarmes-de-incendio/ Sinalização de emergência – Quais são as mais usadas? sinalização de emergência

Algo que deve ser sempre uma preocupação para donos de empresas de médio e grande porte é a com a sinalização de emergência adequada. Afinal, dentro de uma edificação com muitas pessoas trabalhando, em caso de emergência, a falta de sinalização ou uma sinalização inadequada pode causar sérios riscos.

E outra coisa, se sua empresa não conta com as sinalizações mais básicas para emergência, você está infringindo as normas técnicas de segurança do Corpo de Bombeiro e isso gera punições, ou seja, você pode ser multado por isso.

Para não colocar em risco seus colaboradores ou até mesmo receber uma multa por não cumprir as normas básicas de segurança, saiba quais são as sinalizações de emergência mais usadas.

Quais são as sinalizações de emergência mais usadas

Para que você possa melhor visualizar quais são as placas de sinalização de emergência mais usadas e o que elas significam, vamos separá-las em quatro categorias que representam suas funções básicas.

Placas de alertas

A placa da sinalização de alerta é feita normalmente com um fundo branco – para dar maior atenção ao símbolo – um pictograma de triângulo com uma exclamação dentro.

Esse símbolo deve estar presente em todos os locais para alertar sobre riscos específicos. Como por exemplo em locais onde há presença de líquido inflamável.

Placas de proibição

Talvez a mais usada e comum, as placas de proibição devem conter obrigatoriamente o círculo vermelho com a tarja e o pictograma da proibição dentro desse círculo. Essa sinalização é utilizada para que se evite certas ações que aumentam os riscos de acidentes graves.

Sinalização de equipamentos

A sinalização de equipamentos de segurança faz parte da lista de obrigações definidas pelas normas do Corpo de Bombeiros, isso se dá pois é considerado que nem sempre o extintor de incêndio ou a mangueira estão em lugares visíveis a todos.

As placas de sinalização de equipamentos devem estar no alto das paredes, cerca de mais ou menos 1,80m de distância do piso, para facilitar a visualização de qualquer pessoa que estiver naquele ambiente.

Se a placa não estiver na altura correta em caso de incêndio, por exemplo, onde a situação acaba produzindo muita fumaça, esse erro pode aumentar ainda mais a gravidade da situação.

A cor padrão dessas sinalizações costuma ser vermelha com pictogramas fotoluminescentes, assim são vistas mesmo com baixa luminosidade.

Sinalização de orientação e salvamento

Você já reparou que as sinalizações que indicam rotas de fugas, como corredores, escadas, rampas, portas e saídas de emergência costumam ser de cor verde? Isso é um detalhe obrigatório, pois o verde passa a sensação de segurança, e em caso de emergência o mais importante é manter a calma.

Nesse tipo de placa os desenhos indicativos são sempre fotoluminescentes, para que sejam vistos até em baixa luminosidade e assim como as placas de sinalização de equipamentos, também devem estar a uma boa altura do piso, no mínimo 1,80 de distância do chão.

E se instaladas acima de portas devem ficar sempre no máximo a uma distância de 10 cm da verga. A sinalização de emergência de orientação e salvamento deve sempre guiar para uma saída do edifício.

Agora que você já conhece as sinalizações mais básicas e mais usadas, verifique se sua empresa está de acordo com as normas e caso ela não esteja, não espere ser multado por isso. Corra atrás de sinalizar corretamente sua empresa e evite maiores acidentes.

Sinalização de emergência é na Eurofire Tecnologia

A principal missão da Eurofire Tecnologia é fornecer aos nossos clientes as melhores soluções em sistemas inteligentes de segurança contra incêndio em empresas de médio e grande porte. Buscamos entender todas as necessidades dos clientes assim desenvolvemos e aprimoramos soluções sob medida, equipamentos de ponta e serviços da mais alta qualidade.

Possuímos uma tecnologia de última geração, nossos sistemas inteligentes em detecção e alarme de incêndio são produtos da geração 4.0. Todo o controle e monitoramento está na palma da mão de nosso cliente, nossa tecnologia permite transformar prédios existentes e novos em edifícios inteligentes.

Então se você está buscando soluções inteligentes e inovadoras em sistemas contra incêndio, para raios e monitoramento remoto, a Eurofire Tecnologia tem tudo que você precisa com a melhor qualidade do mercado.

https://www.eurofire.com.br/sinalizacao-de-emergencia-quais-sao-as-mais-usadas/ Para raios – Qual para raios escolher para minha empresa? Para raios

Hoje em dia é quase impensável que uma empresa não tenha um para raios instalados em seu prédio, afinal essa pequena peça é uma questão de segurança e garantir a integridade física, tanto dos colaboradores quanto dos maquinários que estão dentro do prédio/galpão. Ou até mesmo da própria estrutura do lugar.

Mas fazendo uma pesquisa rápida você pode perceber que existe mais de um tipo de para raio e talvez gere uma dúvida qual desses escolher para proteger sua empresa. Mas para te ajudar a escolher o sistema anti raio ideal trouxemos esse artigo com algumas informações que serão bem úteis.

Qual tipo de para raios escolher para minha empresa

Antes de entrarmos nos detalhes sobre os diferentes tipos de para raios, é importante frisar a importância de instalar um sistema desse no prédio/galpão da sua empresa. Já demos uma palhinha sobre isso logo no início, mas é fundamental que você não esqueça que o sistema anti raio não é inútil.

Em dias de tempestades, um prédio sem qualquer tipo de proteção anti raio está sujeito a sofrer rachaduras antes da hora, ter seus sistemas elétricos danificados ou até mesmo pôr em risco seus colaboradores, somente porque alguns podem acreditar que o para raio não é tão importante assim.

Mas não se deixe enganar por esse mito, ter um para raio instalado na sua empresa é de grande importância. Agora que estabelecemos que chamar o para raio de um equipamento inútil é uma falácia, vamos falar mais sobre os dois tipos de sistemas para raios encontramos no mercado,

Saiba quais são esses dois sistemas de para raios que encontramos na EuroFIRE:

Para raio de Franklin

O sistema de para raios com método Franklin funcionam da seguinte forma. É instalado no topo do prédio um captador em forma de mastro com uma ponta metálica, é esse captador que irá receber toda a carga elétrica.

Nesse método a ação é passiva, ou seja, o raio se forma naturalmente e o para raio recebe a carga a direcionando para o solo.

A área de proteção obtida com esse para raio varia considerando a altura do captador e sua posição com a altura da edificação, criando entre ambos os valores obtidos um ângulo de proteção, em formato de cone.

Por conta do desenho que é criado com o espaço de proteção do para raio, esse formato em cone, o método Franklin se adapta melhor espaços como prédios e quando precisamos proteger até um certo espaço ao redor do edifício.

Para raio de Faraday

Já o para raio de Faraday, mais conhecido como gaiola de Faraday é ideal para proteção de galpões, pois com esse método são utilizados um sistema de captadores formados por condutores metálicos horizontais interligados em uma forma de malha.

Normalmente acrescentamos terminais aéreos nessas interligações e contos, de forma a aumentar a probabilidade dos impactos dos raios nesses pontos, além disso esse sistema de malha conta com condutores de descida, que variam sua quantidade de acordo com o aterramento e com o nível de proteção esperado.

Esse método de Faraday, diferente do método Franklin, não garante uma proteção para os espaços ao redor do galpão ou do prédio.

Para escolher qual melhor método para sua empresa, leve em consideração como funcionam esses sistemas, o que você deseja proteger, se é só o prédio/galpão em si ou os arredores, considere também o custo-benefício desse método.

Ou se ainda restar dúvidas, entre em contato conosco que nossos atendentes estão preparados para te ajudar nessa escolha!

Para raios é na Eurofire Tecnologia

A principal missão da Eurofire Tecnologia é fornecer aos nossos clientes as melhores soluções em sistemas inteligentes de segurança contra incêndio em empresas de médio e grande porte. Buscamos entender todas as necessidades dos clientes assim desenvolvemos e aprimoramos soluções sob medida, equipamentos de ponta e serviços da mais alta qualidade.

Possuímos uma tecnologia de última geração, nossos sistemas inteligentes em detecção e alarme de incêndio são produtos da geração 4.0. Todo o controle e monitoramento está na palma da mão de nosso cliente, nossa tecnologia permite transformar prédios existentes e novos em edifícios inteligentes.

Então se você está buscando soluções inteligentes e inovadoras em sistemas contra incêndio, para raios e monitoramento remoto, a Eurofire Tecnologia tem tudo que você precisa com a melhor qualidade do mercado.

https://www.eurofire.com.br/para-raios-qual-para-raios-escolher-para-minha-empresa/
© Copyright 2023 - Eurofire. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Multlinks.